Banco de Notícias http://setop.mg.gov.br Fri, 19 Apr 2019 13:54:43 -0300 Joomla! - Open Source Content Management - Version 2.5.14 pt-br Setop inaugura Terminal Metropolitano de Morro Alto http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1904-setop-inaugura-terminal-metropolitano-de-morro-alto http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1904-setop-inaugura-terminal-metropolitano-de-morro-alto

Move Metropolitano do terminal São gabriel que atende à área hospitalar.

Entrará em operação amanhã (30), o Terminal Metropolitano de Morro Alto, no município de Vespasiano. Serão atendidos 45 mil passageiros por dia que fazem o trajeto entre os municípios de Vespasiano, Pedro Leopoldo, Jaboticatubas, Lagoa Santa e Belo Horizonte.

Com a implantação do Terminal a expectativa é de reduzir de 157 para 62 o número de veículos originados dessa região circulando no centro de Belo Horizonte. Isso ocorrerá graças ao sistema tronco-alimentador que integrará no Terminal. Vinte e uma linhas alimentadoras sairão dos bairros e das cidades próximas ao Terminal e 3 linhas troncais farão o trajeto até a região central e área hospitalar de Belo Horizonte.

Para as linhas diretas e paradoras, que passarão pela avenida Antônio Carlos, o desembarque no centro da capital será na Praça Aarão Reis, ao lado da Praça da Estação. Já para a linha que atenderá a área hospitalar, via Cristiano Machado, o desembarque será nos pontos já utilizados.

 

Integração e Cartão Ótimo

O benefício da integração entre as linhas alimentadoras e troncais do sistema MOVE Metropolitano só pode ser usufruído com o uso do Cartão Ótimo que permite ao passageiro realizar a integração física no Terminal Morro Alto sem acréscimo de tarifa. A recarga do Cartão Ótimo pode ser feita com qualquer valor, nos postos de venda dos terminais e das estações de transferência. Estes cartões não são descartáveis, poderão ser de uso permanente e individual dos passageiros e será distribuído gratuitamente nos ônibus e no Terminal pelos próximos dez dias. Após esse período será cobrado um valor de R$2,00 pelo cartão.

Dúvidas relacionadas às linhas, itinerários e tarifas ligue 155, opção 6 (LigMinas) ou acesse www.consultas.der.mg.gov.br. Sobre o cartão ÓTIMO e as integrações ligue (31)3516-6000 (SAC ÓTIMO) ou acesse www.otimoonline.com.br

]]>
Banco de Notícias Mon, 29 Dec 2014 15:22:29 -0200
Governo de Minas consolida e disponibiliza informações sobre gastos em publicidade desde 2003 http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1903-governo-de-minas-consolida-e-disponibiliza-informacoes-sobre-gastos-em-publicidade-desde-2003 http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1903-governo-de-minas-consolida-e-disponibiliza-informacoes-sobre-gastos-em-publicidade-desde-2003

A partir desta terça-feira (23/12), o Governo de Minas Gerais disponibiliza, no site da Secretaria de Estado de Governo (Segov), informações que dão transparência total aos investimentos feitos pelo Poder Executivo estadual na área de comunicação desde 2003.

Por meio deste novo canal, qualquer cidadão poderá ter acesso a informações detalhadas sobre os investimentos publicitários feitos pela administração direta em todos os veículos de comunicação do Estado. O endereço do site é www.governo.mg.gov.br/governo/subsecom-transparencia. As informações das empresas públicas podem ser consultadas em seus respectivos sites.

Até agora, a organização das informações sobre as despesas de publicidade do Governo do Estado seguia rigorosamente as diretrizes da Lei Federal 12.232, de 29 de abril de 2010, que regulamenta a atividade publicitária. O artigo 16 desta lei estabelece que as informações devem ser classificadas por tipo de mídia, ou seja, informando os valores globais investidos nas mídias jornal, TV, rádio, internet etc.

Desde 2010, esse tipo de classificação já está disponível no site da Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais. Além disso, as informações de investimentos por agência de publicidade são publicadas trimestralmente no “Minas Gerais” (Diário Oficial dos Poderes do Estado).

Portanto, as informações do Governo de Minas já são fornecidas nos moldes previstos pela legislação nacional. Entretanto, embora não seja uma exigência legal, a Subsecretaria de Comunicação do Estado de Minas Gerais (Subsecom/MG) tomou a decisão de fazer um levantamento minucioso das informações, a fim de viabilizar a disponibilização dos investimentos feitos em cada veículo de comunicação, retroativamente a 2003.

Como são centenas de milhares de documentos, estimados em mais de 500 mil, localizados em arquivos contabilizados, foi criada uma força-tarefa, que conseguiu organizar e fazer uma consolidação dos dados. Com a finalização deste processo, todas as informações estão sendo disponibilizadas por meio do site da Segov, dando ainda mais transparência na prestação de contas à população sobre os investimentos feitos nessa área.

Busca facilitada

O novo sistema permite acesso público a todos os investimentos publicitários realizados nos diversos veículos de comunicação por parte da administração direta do Governo do Estado e das empresas públicas.

Com o objetivo de tornar as informações acessíveis, os dados foram organizados de forma simplificada. Os interessados poderão fazer as pesquisas pelo ano de realização do investimento quanto por meio de comunicação: televisão, rádio, jornal etc.

O site traz, ainda, um quadro com um resumo dos maiores investimentos realizados nos principais tipos de mídia nos últimos 12 anos pelo Governo do Estado, assim como uma explicação sobre os critérios técnicos adotados na programação dos recursos.

A partir de agora, as informações sobre investimentos em publicidade feitas pelo Estado poderão ser atualizadas diariamente, o que possibilita a organização e a consolidação de um dos mais transparentes bancos de dados relativo a investimentos na área de comunicação entre os Estados brasileiros.

Transparência e isonomia

Desde 2003, o Governo do Estado de Minas Gerais implantou uma série de medidas com o objetivo de garantir mais transparência em todos os procedimentos relativos à área de Comunicação, bem como isonomia na realização dos investimentos em publicidade. Entre as iniciativas, destacam-se as seguintes:

1 - Implantação do sistema de compra de serviços gráficos por meio de uma Central de Compras. Este procedimento tem como objetivo garantir o acesso de todo e qualquer fornecedor aos processos de compras do setor. Se o Governo do Estado, por exemplo, adquire 100 mil folhetos gráficos, o serviço é tornado público e, na hora marcada, pela internet, gráficas enviam suas propostas, com iguais condições de participação.

2 - Atendendo a uma antiga reivindicação de veículos de comunicação do Estado, o Governo de Minas não utiliza representantes e corretores para veiculação de publicidade. A medida tem como objetivo reduzir ao máximo a oneração dos veículos. Como determina a lei, o Estado só contrata publicidade por meio dos contratos com as agências de publicidade licitadas.

3 - Desde 2003, a Subsecom/MG também utiliza critérios técnicos, descritos a seguir, para definição de investimentos em veículos de comunicação.

Critérios para investimentos

A Subsecom adota critérios para a programação de mídia, como forma de assegurar a transparência das decisões, o acesso dos diversos veículos de comunicação aos investimentos realizados, de acordo com seus indicadores de audiência, circulação e qualificação de públicos. Para tanto, são utilizados os índices de audiência medidos pelo IBOPE e pelo IVC, bem como as pesquisas de hábito de consumo e hábitos de mídia desenvolvidas pelo IPSOS/MARPLAN.

Os investimentos em Televisão estão relacionados aos índices de audiência medidos pelo IBOPE. A subsecretaria também realiza investimentos sob a forma de patrocínios de programas, dependendo de suas necessidades especificas de comunicação a cada tempo, dirigida a segmentos de públicos específicos e/ou divulgação de serviços públicos.

No caso da mídia Rádio, todas as emissoras da área de abrangência de uma campanha publicitária recebem o mesmo número de comerciais. Mais de 300 emissoras de todas as regiões mineiras fazem parte do cadastro da Subsecretaria de Comunicação. Diante da inexistência de instrumentos de verificação de audiência em rádios que alcancem todo o estado, com o objetivo de evitar privilégios ou discriminações, a partir de 2003, o Governo do Estado passou a adotar o critério de isonomia, segundo o qual todas as emissoras recebem o mesmo número de anúncios por ocasião de cada campanha publicitária.

Para as mídias impressas, o Estado adota três segmentações para a programação de investimentos, tendo em vista o número de veículos e a distribuição geográfica deles. Um primeiro segmento é constituído pelos jornais diários de Belo Horizonte e que têm cobertura estadual. Um segundo segmento é constituído pelos jornais diários do interior do Estado. E um terceiro é constituído pelos jornais semanários que circulam em cidades mineiras com mais de 50 mil habitantes.

Para definição de publicação de anúncios em jornais, também foi estipulado o critério de isonomia. Assim, quando de uma campanha de alcance estadual que prevê anúncios em jornais diários do interior, todos recebem o mesmo anúncio. O mesmo ocorre com os jornais da capital, os semanários e as revistas.

]]>
Banco de Notícias Fri, 26 Dec 2014 15:09:56 -0200
Tarifas de ônibus e táxis especiais metropolitanos são atualizadas http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1902-tarifas-de-onibus-e-taxis-especiais-metropolitanos-sao-atualizadas http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1902-tarifas-de-onibus-e-taxis-especiais-metropolitanos-sao-atualizadas

A partir da zero hora desta segunda-feira (29), haverá a atualização no valor das tarifas dos ônibus e táxis metropolitanos que atendem aos 34 municípios que compõe a região metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A publicação autorizando os novos valores foi dada pela Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas – Setop e será publicada na edição deste sábado (27) do Diário Oficial Minas Gerais.

A atualização para os ônibus será de 12,78%, aí incluídos 8,65% de reajustamento, o que corresponde ao aumento dos custos no período de novembro de 2013 a outubro de 2014. Com a inclusão da correção dos insumos como o diesel (combustível), aumento do custo de pessoal, em função do dissidio coletivo de 7,26%, dado em 1º de fevereiro de 2014 e aumento dos custos de manutenção da frota, etc.

Foram acrescidos ao reajustamento 1,92% correspondente à modernização da frota, com 116 novos ônibus articulados, e 145 novos ônibus tipo padron e mais 2,21 % correspondente a operação dos Terminais Metropolitanos de Morro Alto, Vilarinho, São Gabriel, Sarzedo e Ibirité; das estações de São Benedito e Justinópolis, das 28 estações de transferência na Av. Antônio Carlos, Av. Cristiano Machado e Av. Pedro I, de duas estações na Av. Paraná e na Av. Santos Dumont, das 7 estações na MG10, 4 na Av. Brasília e 2 na Av. Civilização, uma na Av. Pedro I (Risoleta Neves) e uma na Praça Aarão Reis.

O sistema metropolitano tem 745 linhas e atendimentos na RMBH e opera com uma frota de 3.059 veículos, que transportam uma média diária de 823 mil passageiros em cerca de 14 mil viagens, quando são percorridos mais de 600 mil quilômetros. O consume de óleo diesel, utilizado como combustível da frota de 3059 ônibus é de 8,5 milhões de litros mensais. Todas as linhas comerciais têm bilhetagem eletrônica. O troco máximo até 31 de dezembro de 2015 será de R$50,00.

Para a frota de 236 táxis especiais metropolitanos a tarifa será reajustada em 8,21%. O custo quilométrico I, passa de R$2,63 para R$2,85 e a bandeirada passa de R$4,78 para R$5,17. A cobrança do custo quilométrico rodado II será de R$3,42 e será permitida somente em corridas aferidas pelo taxímetro, no horário noturno, no período compreendido de 22 às 6 horas, de segunda a sexta feira. Aos domingos e feriados e aos sábados o início do período é antecipado para às 14 horas. Não poderá haver cobrança de taxa de retorno, de volumes transportados e de transporte por carrinho de supermercado.

Confira o preço de alguns serviços

Preço Mínimo: R$2,60 (16 linhas com esta tarifa).

Preço Médio: R$3,95. (tarifa preponderante do sistema, 30 % das linhas em operação).

No total, o sistema metropolitano possui 57 grupos tarifários.

Algumas linhas metropolitanas:

Igarapé - Nossa Senhora da Paz, Capim Branco - Matozinhos, Ribeirão das Neves - Estação Vilarinho - R$2,60;

Linhas troncais do MOVE Metropolitano (Terminal São Gabriel e Vilarinho e Estações de Justinópolis e São Benedito) – R$ 3,95;

Integração Metrô Ônibus – são oito valores que variam de R$ 3,70 a R$ 5,10;

Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins) / BH – Centro – R$ 23,70;

Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins) / Betim – R$ 36,05;

Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins) / Contagem – R$ 35,00.

Cartazes

No interior dos ônibus serão afixados cartazes para informar aos passageiros os novos valores das tarifas. Para informações e reclamações os usuários podem utilizar o telefone 155 opção 6 ou o email do DER/MG: atendimento@der.mg.gov.br Sobre o uso do Cartão Ótimo as informações podem ser obtidas no telefone (31) 3516-6000 ou no site: www.otimoonline.com.br.

]]>
Banco de Notícias Fri, 26 Dec 2014 15:06:34 -0200
Aeroporto Regional da Zona da Mata passa a ser administrado pelo modelo de PPP http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1901-aeroporto-regional-da-zona-da-mata-passa-a-ser-administrado-pelo-modelo-de-ppp http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1901-aeroporto-regional-da-zona-da-mata-passa-a-ser-administrado-pelo-modelo-de-ppp

O governador Alberto Pinto Coelho assinou, nesta segunda-feira (22/12), no Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte, acordo de concessão do Aeroporto Regional Presidente Itamar Franco ao Consórcio Aeroporto Zona da Mata, formado pelas empresas Socicam e Universal Armazéns Gerais e Alfandegados. Localizado no município de Goianá, esse é o primeiro aeroporto de Minas Gerais a ser administrado em modelo de Parceria Público-Privada (PPP).

O consórcio vencedor apresentou a melhor proposta econômica, oferecendo desconto de 32% no valor da contraprestação anual do Estado, que terá valor aproximado de R$ 4,4 milhões por ano, durante a vigência do contrato. O prazo da concessão será de 30 anos, prorrogável por mais cinco.

“Agradeço à iniciativa privada, que acreditou no Governo de Minas Gerais, e à nossa equipe técnica, que possibilitou essa realização. Hoje é um marco e agora está nas mãos de vocês, que têm a expertise, são competentes e têm a avaliação do que o aeroporto pode dinamizar e representar”, disse o governador.

O modelo de Parceria Público-Privada foi escolhido de modo a permitir o desenvolvimento do transporte de passageiros e de cargas, dando flexibilidade à concessionária no desenvolvimento de negócios dentro do aeroporto. O objetivo é promover o desenvolvimento do Aeroporto Regional Presidente Itamar Franco, contando com a participação de uma administração privada, à qual serão atribuídas metas de desempenho e evolução da movimentação de passageiros e cargas.

Marco histórico

O subsecretário de Investimentos Estratégicos do Governo de Minas, Luiz Antônio Athayde, destacou a importância do aeroporto para impulsionar o desenvolvimento do Estado e ressaltou que o Brasil precisa explorar mais o modal aéreo.

“É um marco histórico, porque a partir de agora o novo concessionário vai ter uma sintonia muito maior com a estrutura do governo, para que realmente possamos ter a Zona da Mata inserida num outro padrão de logística aérea. Vai mudar a dinâmica da Zona da Mata e vai colocar Minas Gerais como polo da logística avançada do Brasil”, afirmou o subsecretário.

O presidente do Consórcio, Cláudio José Gomes, agradeceu a parceria com o Governo do Estado e disse que o aeroporto é estratégico por estar num eixo logístico fundamental para a atração de investimentos para o Estado. “Quero agradecer a equipe do Governo de Minas, e dizer que essa é uma ação pioneira no Brasil, Minas saiu na frente”, destacou.

O aeroporto possui a segunda maior pista para pouso de Minas Gerais com 2.530 metros, menor apenas que o Aeroporto internacional Tancredo Neves, em Confins. O terminal também é alfandegado e pode executar todo o desembaraço de mercadorias que chegam do exterior.

No início deste mês, a Gol Linhas Aéreas anunciou que pretende operar no terminal a partir do ano que vem. A companhia solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a liberação de uma rota para São Paulo (Congonhas) - Aeroporto Internacional Tancredo Neves – Aeroporto da Zona da Mata. A intenção da Gol é iniciar a oferta de seis voos semanais a partir de 23 de março de 2015.

Também participaram da solenidade de assinatura do acordo os secretários de Estado Rogério Nery (Desenvolvimento Econômico), Fabrício Torres (Transportes e Obras Públicas) e Custódio Mattos (Governadoria).

Sobre o aeroporto

O aeroporto da Zona da Mata entrou em operação comercial em agosto de 2011 para voos diurnos e, em outubro do mesmo ano, para voos noturnos. Em fevereiro deste ano, uma audiência pública foi realizada e apresentou a versão final do modelo de concessão. Até agora, o Aeroporto Regional da Zona da Mata tem sido administrado sob regime de terceirização pela empresa Multiterminais Alfandegados Ltda.

Existem, hoje, por meio da empresa Azul Linhas Aéreas, três voos diários no terminal, tendo como destino Campinas, e dois voos diários para Belo Horizonte, com ocupação média de 85% dos assentos, significando pelo menos 60 mil passageiros por ano.

]]>
Banco de Notícias Mon, 22 Dec 2014 15:37:21 -0200
Tarifas ônibus intermunicipais rodoviários http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1900-tarifas-onibus-intermunicipais-rodoviarios http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1900-tarifas-onibus-intermunicipais-rodoviarios

Como previsto contratualmente, ocorrerá, a partir da da zero hora desta quarta-feira (17), reajuste nas viagens nos ônibus intermunicipais rodoviários que ligam os municípios mineiros, excluindo as linhas que circulam na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A publicação do reajuste sai na edição desta terça-feira (16) do Diário Oficial Minas Gerais.

Trata-se da correção da defasagem existente entre os preços das passagens e o aumento dos custos ocorrido no período de doze meses, levando-se em conta os gastos com combustível, aquisição de peças de reposição, manutenção, depreciação do veículo, taxas, tributos e impostos, despesas administrativas gerais e inclui a remuneração da mão de obra com benefícios sociais. O percentual de reajuste será de 9,31%, em média.

O Sistema de Transporte Intermunicipal atende mensalmente uma média de 6 milhões passageiros em aproximadamente 1904 serviços. A frota atualmente é composta por 5273 veículos que são operados por 218 empresas e é gerenciado pela Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas – Setop.

Confira alguns valores de passagens:

]]>
Banco de Notícias Mon, 15 Dec 2014 17:50:14 -0200
MOVE Justinópolis e São Benedito, começam terceira e quarta etapas http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1899-move-justinopolis-e-sao-benedito-comecam-terceira-e-quarta-etapas http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1899-move-justinopolis-e-sao-benedito-comecam-terceira-e-quarta-etapas

A partir deste sábado (13), quatro novas linhas alimentadoras passarão a integrar na Estação Metropolitana MOVE Justinópolis, em Ribeirão das Neves, e outras sete integrarão na Estação MOVE São Benedito, em Santa Luzia. A medida faz parte da terceira etapa de inclusão de linhas nas estações. A previsão da área técnica da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas – Setop, é de que ao final desse mês haja a implantação de uma quarta etapa nas duas estações. Com a implantação das duas etapas haverá uma redução de 113 veículos/dia no centro de Belo Horizonte, sendo 44 veículos originados do primeiro município e 69 do segundo.

A chegada de novas linhas alimentadoras nas Estações MOVE de Justinopolis e São Benedito, vai promover a ampliação da oferta de horários das linhas troncais. Em cada uma das estações funcionam três linhas troncais que saem com destino a Belo Horizonte, em direção à área central – direta e paradora - e área hospitalar (paradora). Em Justinópolis 16 linhas alimentadoras já operavam e em São Benedito outras dez linhas. Atualmente, as Estações MOVE de Ribeirão das Neves e Santa Luzia, atendem de forma provisória e a previsão é de que os Terminais definitivos sejam concluídos no próximo ano.

Quarta etapado MOVE Justinopolis e São Benedito

 

Até o final desse mês está previsto o início da quarta etapa nas Estações do MOVE Metropolitano de Justinopolis e São Benedito, com a entrada em operação de mais quatro linhas alimentadoras que integrarão em Ribeirão das Neves e mais três linhas alimentadoras em Santa Luzia. A expectativa é de atender a 43 mil passageiros em cada uma das estações ao fim da quarta etapa. Sendo que atualmente em Justinopolis são 20 mil passageiros diários e em São Benedito outros 24 mil.

 

 

Integração e o Cartão Ótimo

O benefício da integração entre as linhas alimentadoras e troncais do sistema MOVE Metropolitano só pode ser usufruído com o uso do Cartão Ótimo. O Cartão Ótimo permite ao passageiro realizar a integração física na Estação São Benedito e Justinopolis sem acréscimo de tarifa. A recarga do Cartão Ótimo pode ser feita com qualquer valor, nos postos de venda dos terminais e das estações de transferência. Estes cartões não são descartáveis e poderão ser de uso permanente e individual dos passageiros. 

Para efeito de tarifação, o valor da tarifa troncal do MOVE Metropolitano nas Estações de São Benedito e Justinopolis é de R$ 3,50. O valor da linha alimentadora é o mesmo que se encontra em vigor atualmente. O pagamento em dinheiro do deslocamento na linha troncal do MOVE, acrescido do valor da alimentadora, representará, para o passageiro a cobrança do valor integral de cada uma das duas passagens, sem direito ao benefício da integração tarifária, que faz o débito no Cartão Ótimo somente do valor da tarifa em vigor.

Monitoramento e fiscalização

A implantação das duas etapas será acompanhada por técnicos da Setop, fiscais do DER/MG e representantes do Consórcio responsáveis pelas linhas em operação em Justinopolis e São Benedito. Para receber os novos passageiros, as Estações tiveram as suas plataformas de embarque ampliadas e adaptadas para receber pessoas com dificuldade de locomoção. Para enviar sugestões ou reclamações o usuário pode entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Usuário do DER/MG pelo e-mail atendimento@der.mg.gov.br ou pelo telefone LIG MINAS 155, opção 6 e para consultas sobre informações de cada linha no site do DER/MG: www.consultas.der.mg.gov.br.

Para informação dos passageiros das linhas alimentadoras, que vão iniciar a operação neste sábado, estão sendo distribuídos folhetos contendo informações das Estações e das linhas disponíveis, tanto alimentadoras quanto troncais. Cartazes também serão afixados no interior dos ônibus. Monitores da equipe “Posso Ajudar” estarão presentes nas Estações com o objetivo de tirar dúvidas e orientar os passageiros na plataforma de embarque. Sobre a comercialização do cartão Ótimo as informações podem ser obtidas diretamente no site do Cartão Ótimo: www.otimoonline.com.br.

]]>
Banco de Notícias Fri, 12 Dec 2014 16:41:09 -0200
Terminal Sarzedo em operação http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1898-terminal-sarzedo-em-operacao http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1898-terminal-sarzedo-em-operacao

Na próxima terça-feira (09) a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) autoriza a entrada em operação do Terminal de Sarzedo, que terá a capacidade de atender a uma demanda média diária de 12 mil passageiros transportados em seis linhas alimentadoras de bairros da região e duas troncais que vão levar os passageiros a Contagem (Carrefour – Makro e Estação Eldorado do metrô).

A implantação deste terminal metropolitano de Integração permitirá aos passageiros e moradores de Sarzedo mais opções de deslocamento, itinerário e horários, a partir da reestruturação das linhas em um sistema tronco alimentador, como já existe em Ibirité e no Vetor Norte da região metropolitana. A medida permite o remanejamento e concentração da frota em operação na região, com o objetivo de aumentar a capacidade de atendimento, com mais viagens das linhas troncais e das alimentadoras.

A implantação do Terminal Metropolitano de Sarzedo, construído em uma área de 16.404,63 metros² representa um investimento da Setop, em mobilidade para a região, de aproximadamente R$ 10 milhões. Dentro do terminal foi montada uma infraestrutura para atender aos passageiros, com bilheterias e sistema interno de painéis informativos, além de banheiros. O terminal também está equipado para garantir a acessibilidade de usuários com mobilidade reduzida.

Operação do Terminal e atendimento

Pelo terminal passará uma frota diária de 25 ônibus entre linhas troncais e alimentadoras, atendendo a uma média de 12 mil pessoas. No caso de dúvidas relacionadas às linhas, itinerários e tarifas o atendimento ao usuário deste terminal será feito pelo telefone 155 opção 6 - LigMinas (ligação fixa ou móvel), ou (31) 3303- 7995 (a partir de telefonia móvel).

O atendimento telefônico é realizado todos os dias da semana, entre 06h e 23h59. Pela internet, acessando ao site do DER/MG (www.der.mg.gov.br) em Saiba Sobre e depois clicar em Transporte da RMBH. Sobre o cartão ÓTIMO e as integrações ligue (31)3516-6000 (SAC ÓTIMO) ou acesse www.otimoonline.com.br

Antes da entrada em operação do Terminal folhetos e cartazes foram distribuídos nas linhas de Sarzedo. A divulgação também foi estendida para a comunidade em geral com a utilização de carros de som e veiculação nas rádios da cidade. Após a entrada em operação, para informação dos usuários, equipes de “Posso Ajudar” estarão no Terminal, distribuindo panfletos, orientando e tirando dúvidas.

Integração
O usuário que utilizar uma linha alimentadora poderá embarcar em qualquer outra alimentadora dentro do Terminal, sem pagar mais por isto, desde que permaneça dentro da área paga.
Integração Ônibus X Metrô: Nos dias úteis, no período das 00h21 às 8h59, nada muda para o usuário. Aos sábados, domingos e feriados e em dias úteis no período das 9h às 00h20, a integração no Terminal Sarzedo ocorrerá da seguinte forma: Linha alimentadora com a linha troncal 313M – Terminal Sarzedo / Estação Metrô Eldorado terá integração com o metrô, mantendo a tarifa de integração que o usuário pagava antes da implantação do Terminal – de R$ 4,05, desde que utilizem o Cartão Ótimo. No pagamento em dinheiro o valor da tarifa do metro (R$ 1,80) deverá ser acrescido ao valor já pago.

Integração Ônibus X Ônibus:

Utilizando o cartão ótimo ou pagamento em dinheiro não haverá alteração no valor da passagem.

]]>
Banco de Notícias Fri, 05 Dec 2014 16:36:29 -0200
Governo de Minas e Gol Linhas Aéreas firmam protocolo de intenções para aumentar oferta de voos no Estado http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1897-governo-de-minas-e-gol-linhas-aereas-firmam-protocolo-de-intencoes-para-aumentar-oferta-de-voos-no-estado http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1897-governo-de-minas-e-gol-linhas-aereas-firmam-protocolo-de-intencoes-para-aumentar-oferta-de-voos-no-estado

O governador Alberto Pinto Coelho firmou, nesta quarta-feira (03/12), em Belo Horizonte, protocolo de intenções com a Gol Linhas Aéreas que resultará na ampliação de 17 voos comerciais em novos mercados regionais, nacionais e internacionais, partindo do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (AITN/BH Airport), além do reforço de quatro trechos já existentes. O acordo também prevê que o Aeroporto Regional na Zona da Mata seja uma nova base da Gol em Minas.

As negociações envolvendo o Governo de Minas e a companhia aérea, que demandaram mais de seis meses, estão de acordo com o planejamento estratégico, que vem sendo conduzido pelo Estado desde 2003, visando a consolidação do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (BH Airport), como um dos principais hubs de cargas e passageiros nacional e internacional da região Sudeste do Brasil. Com o protocolo, a empresa passará a contar, no Estado, com 10 novos mercados, sendo sete nacionais, um regional (dentro do Estado) e dois internacionais.

O governador Alberto Pinto Coelho falou sobre a importância da parceria com a Gol para fortalecer a economia mineira e, consequentemente, a Aerotrópole Belo Horizonte, uma iniciativa do Governo de Minas para transformar o AITN/BH Airport num dos principais motores do desenvolvimento econômico da capital e da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).
"Certamente, a Gol acreditou em Minas. A sua primeira e pioneira decisão foi o primeiro gol de placa (ao se referir à implantação do Centro de Manutenção da empresa, em Confins) e hoje, tenho certeza e convicção, estamos marcando o segundo gol de placa. A Embraer, outra empresa que veio para Minas, também está fazendo uma expansão da sua unidade no Estado. Com isso, quero dizer da importância dos últimos governos em Minas Gerais, que buscaram construir uma equipe competente e dedicada, usando um ferramental tão importante na gestão pública, que é desenvolver um planejamento estratégico e ter uma visão não só do percurso de cada mandato, mas uma visão de médio e longo prazo", afirmou o governador.

O presidente da Gol Linhas Aéreas, Paulo Sergio Kakinoff, destacou a parceria entre a companhia e o Governo de Minas há dez anos e que resultou na implantação do Centro de Manutenção da Empresa, em Confins, e que emprega, atualmente, 1.200 colaboradores diretos.

“Essa parceria não é nova. Estamos em uma segunda fase de um processo visionário que foi a criação da Aerotrópole de Belo Horizonte. Há dez anos, firmamos a primeira parceria com o Governo para o estabelecimento do Centro de Manutenções da Gol. Passados 10 anos, temos o Aeroporto Internacional Tancredo Neves como um dos três principais hubs do país”, disse.
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Rogério Nery, falou sobre a importância do protocolo para fortalecer ainda mais a economia.

“Há 10 anos, imaginávamos que Minas poderia dar a sua população competitividade e diversidade na balança comercial. Para isso, precisaríamos prover o Estado de simplificação tributária, de logística, de energia competitiva. Minas vai fechar este ano em cerca de R$ 12 bilhões de investimentos diretos, com protocolos assinados com 160 empresas”, ressaltou o secretário.
O Aeroporto Internacional Tancredo Neves é atualmente o 5º maior do Brasil, com uma movimentação anual de 11 milhões de passageiros por ano, e uma das bases mais importantes da Gol. As perspectivas são de que a ampliação da oferta de voos leve o aeroporto a aumentar sua participação no mercado nacional e ser um novo portão de embarque para os passageiros Gol em rotas regionais e internacionais.

Novos voos internacionais

Pelo protocolo, a Gol pretende voar para Punta Cana, na República Dominicana, e comercializar voos internacionais, partindo do Aeroporto Internacional Tancredo Neves/ BH Airport, com as empresas parceiras Aerolíneas Argentinas e TAP Linhas Aéreas.

O primeiro voo a entrar em operação será o que liga o Aeroporto Internacional Tancredo Neves/ BH Airport a Punta Cana, com início no dia 24 de dezembro. Todos os trechos serão implementados até março de 2015, tão logo a Anac e Ministério da Defesa aprovem os pedidos, já protocolados, assim como o órgão que trata da defesa da concorrência.
As cidades de Montes Claros (Norte de Minas), Uberlândia (Triângulo Mineiro) e Juiz de Fora (Zona da Mata) passarão, em curto espaço de tempo, a contar com a oferta de voos regulares para destinos internacionais, como Buenos Aires (Argentina) e Lisboa (Portugal) e Punta Cana.

Da mesma forma, serão ampliadas as frequências de voos entre Belo Horizonte e as cidades de Vitória (ES), São Paulo, Salvador (BA) e Recife (PE). No mercado doméstico, novos voos diretos, partindo de Belo Horizonte para Juiz de Fora, Porto Alegre (RS), São Luiz (MA), Carajás (PA), Natal (RN) e Maceió (AL). A partir de Montes Claros para Salvador e Porto Seguro (BA). A cidade de Juiz de Fora passará a contar com dois voos diários regulares para Belo Horizonte e prosseguimento, sem troca de aeronave, para o aeroporto de Congonhas (São Paulo).

O subsecretário de Investimentos Estratégicos, Luiz Antônio Athayde, falou sobre a importância dos novos voos. “O reflexo do que hoje se assinou com a Gol é extraordinário. Mais importante do que ter novos trechos nacionais é ter a ligação de cidades, como Juiz de Fora, Uberlândia e Montes Claros para Portugal, Buenos Aires e Punta Cana. Essas três cidades mineiras aglutinam, pelo menos, 150 municípios. Esses voos vão dar mais visibilidade ao interior, além de facilitar novos negócios. A nossa saída para a diversificação da economia será pelo ar”, pontuou.

Aerotrópole

Todo o planejamento realizado pelo Governo de Minas nos últimos 11 anos visa garantir ainda o desenvolvimento da primeira Aerotrópole da América do Sul. A infraestrutura e os projetos que vem sendo desenvolvidos, tanto no Aeroporto quanto em seu entorno, deverão levar a região a atrair cada vez mais investimentos de empresas, indústrias de bens e serviços, e inserir Minas Gerais na chamada Nova Economia. A Aerotrópole já é uma realidade e o novo espaço para competição propiciará a Minas ocupar lugar de destaque na economia brasileira no Século XXI.

Em 2013, o leilão de concessão do AITN à iniciativa privada foi mais um passo importante para a consolidação da Aerotrópole Belo Horizonte.

Também participaram da solenidade os secretários de Estado Danilo de Castro (Governo), Custódio Mattos (Secretaria-Geral), Tiago Lacerda (Turismo e Esporte), Raimundo Benoni (Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais), Alencar Santos Viana Filho (Desenvolvimento Regional e Política Urbana) e Vicente Gamarano (Ciência e Tecnologia e Ensino Superior), o prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, além de outras autoridades e empresários.

 

]]>
Banco de Notícias Wed, 03 Dec 2014 13:34:42 -0200
Minas Gerais presta homenagem póstuma ao senador Eliseu Resende http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1896-minas-gerais-presta-homenagem-postuma-ao-senador-eliseu-resende http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1896-minas-gerais-presta-homenagem-postuma-ao-senador-eliseu-resende
O governador Alberto Pinto Coelho promulgou, nesta quarta-feira (26/11), a Lei nº 21.508, que denomina Senador Eliseu Resende o viaduto de acesso ao terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, na Rodovia MG-010, em Confins. A lei foi publicada na edição desta quinta-feira (27/11), do “Minas Gerais” – Diário Oficial dos Poderes do Estado.
 
Eleito ao Senado Federal por Minas, em 2006, Eliseu Resende (DEM) permaneceu no cargo até sua morte, em janeiro de 2011, aos 81 anos. Engenheiro civil nascido em Oliveira (MG), Eliseu foi diretor-geral do Departamento Nacional de Estradas e Rodagem (DNER) de 1967 a 1974, ministro dos Transportes, no governo de João Figueiredo, de 1979 a 1982, e assumiu o Ministério da Fazenda no governo Itamar Franco. Também presidiu Furnas e Eletrobras. Foi eleito deputado federal em 1994, 1998 e 2002 pelo PFL.
 
Em sua passagem pela Câmara Federal, foi autor de diversas e importantes leis, como a que reorganizou o setor elétrico brasileiro e produziu o saneamento das empresas do sistema, assim como a que reestruturou a Petrobras e criou o Conselho Nacional de Política Energética e a Agência Nacional do Petróleo em 1997. Também foi autor da lei que estabelece o Sistema Nacional de Recursos Hídricos e cria a Agência Nacional de Águas de 2000, dentre outras.
 
A ele é ainda atribuída a autoria da lei que reestrutura o setor federal de Transportes e cria o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, a Agência Nacional de Transportes Terrestres e a Agência Nacional de Transportes Aquaviários, de 2001.
 
Na sua área de formação, durante sua gestão como diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerias (DER-MG), foram construídos e pavimentados 2.300 km de estradas, incluindo os circuitos das Cidades Históricas e das Águas. Idealizou e construiu a Estação Rodoviária de Belo Horizonte, juntamente com seus viadutos laterais para eliminação das passagens de nível sobre as linhas férreas. Quando à frente do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER), foram implantados e pavimentados 30 mil quilômetros de rodovias federais, incluindo o Programa de Integração Nacional. Entre diversos outros feitos, idealizou e construiu a Ponte Rio-Niterói.
 
Eliseu Resende acumulou em sua vida diversos prêmios, títulos e homenagens aos serviços prestados ao país. Em 1972, foi eleito “Homem do Ano”, título concedido pela “Internacional Road Federation” após seleção realizada em Genebra e Washington, por júris de personalidades mundiais entre os técnicos de todas as nações que mais se destacaram no setor dos transportes. Também recebeu o Prêmio “Werneck de Alencar Lima”, concedido pelo Conselho Federal de Engenharia e Arquitetura. Foi agraciado com Título de Cidadão Honorário em mais de 200 cidades de Minas Gerais e de outros estados.
 
]]>
Banco de Notícias Fri, 28 Nov 2014 12:07:49 -0200
Governo de Minas inaugura Terminal Metropolitano de Transporte em Ibirité http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1895-governo-de-minas-inaugura-terminal-metropolitano-de-transporte-em-ibirite http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1895-governo-de-minas-inaugura-terminal-metropolitano-de-transporte-em-ibirite

                               

A partir do próximo sábado (15) o município de Ibirité contará com um Terminal Metropolitano de Integração de Transporte que proporcionará mais conforto e praticidade para cerca de 17 mil usuários por dia. Do Terminal, que fica na rodovia Renato Azeredo s/nº, no bairro Vila dos Pinheiros, sairão 16 linhas de ônibus, sendo dez alimentadoras, que terão como destino os bairros da cidade, e seis troncais, que seguirão para Belo Horizonte e Contagem.

Linhas alimentadoras

Linhas troncais

Além das duas linhas que já existiam, Ibirité/BH – via avenida Amazonas e Ibirité/Estação Eldorado do metrô, entrarão em operação outras quatro linhas que terão como destino final, na capital, o BH Shopping, a região hospitalar, o Barreiro e a região central, passando pela Via Expressa, sendo este último um serviço semidireto.

O usuário que utilizar uma linha alimentadora poderá embarcar em qualquer outra alimentadora dentro do Terminal, sem pagar mais por isto, desde que permaneça dentro da área paga das linhas alimentadoras. Com a implantação do Terminal, a integração com o metrô será mantida e oferecida a todos os passageiros do Terminal. Os usuários do Cartão ÓTIMO que embarcarem na linha 303M – T. Ibirité/ Estação Metrô Eldorado pagarão a mesma tarifa de integração que o usuário pagava antes da implantação do Terminal.

Valores

O Terminal

Foram investidos cerca de R$13,1milhões no empreendimento e, para dar mais comodidade aos usuários, foram instalados painéis informativos e equipamentos que facilitam o deslocamento para quem tem a mobilidade reduzida. Com sua entrada em operação, haverá uma redução de 27 veículos que circulavam no centro de Belo Horizonte. Cerca de 100 mil folhetos informativos foram produzidos para a distribuição entre os passageiros das linhas e moradores de Ibirité.

Dúvidas relacionadas às linhas, itinerários e tarifas ligue 155 opção 6 (LigMinas) ou acesse www.consultas.der.mg.gov.br. Sobre o cartão ÓTIMO e as integrações ligue (31)3516-6000 (SAC ÓTIMO) ou acesse www.otimoonline.com.br

 

Foto:Mércia Lemos

 

]]>
Banco de Notícias Fri, 14 Nov 2014 13:49:58 -0200
Governo de Minas conclui obras rodoviárias em Itaúna http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1885-governo-de-minas-conclui-obras-rodoviarias-em-itauna http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1885-governo-de-minas-conclui-obras-rodoviarias-em-itauna

O Secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Fabrício Sampaio, representando o Governador, Alberto Pinto Coelho, inaugurou nesta terça-feira, 09, a duplicação de 4,8 quilômetros da rodovia MG-050 em Itaúna, na região centro-oeste. Foram construídos, também, novo trevo completo em dois níveis no entroncamento com a rodovia MG-431, novos acessos a bairros, duas passagens inferiores de veículos e pedestres, sendo uma delas a de acesso principal ao centro da cidade pela rua Silva Jardim, e implantadas vias marginais.

As obras, que duraram 331 dias, foram liberadas para o tráfego em agosto deste ano. Os serviços foram executados pela Concessionária Nascentes das Gerais e somaram investimentos de R$ 38,5 milhões. Somente neste trecho, 220 placas de sinalização foram instaladas, juntamente com 2.100 metros de defensas metálicas, cinco abrigos de ônibus dentre diversos outros dispositivos.

"Oficializamos, hoje, a entrega das obras da travessia urbana de Itaúna que proporcionarão melhores condições de acessibilidade para o município e toda a região do centro-oeste. Os melhoramentos na MG-050 começaram logo no lançamento da Parceria Público-Privada e, atualmente, temos obras em andamento em toda a rodovia, que liga Juatuba, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, à São Sebastião do Paraíso, no Sul do Estado", comentou o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Fabrício Torres Sampaio.

MG-050

Com 371,4 quilômetros de extensão, o Sistema MG-050/BR-265/BR-491liga a Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Juatuba, ao Sul de Minas, em São Sebastião do Paraíso.
Desde junho de 2007 é administrado pela Concessionária Nascentes das Gerais por meio de Parceria Público-Privada (PPP).

 

]]>
Banco de Notícias Thu, 30 Oct 2014 15:18:01 -0200
Empresas apresentam estudos para Transporte sobre Trilhos entre Confins e Belo Horizonte http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1891-empresas-apresentam-estudos-para-transporte-sobre-trilhos-entre-confins-e-belo-horizonte http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1891-empresas-apresentam-estudos-para-transporte-sobre-trilhos-entre-confins-e-belo-horizonte


Os primeiros levantamentos e propostas para a implantação, operação e manutenção de Transporte Metropolitano sobre Trilhos entre o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, e o hipercentro de Belo Horizonte, foram entregues pelas empresas interessadas na estruturação do projeto, dentro do prazo estipulado no Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), dia 02/09/14.

Foram quatro estudos preliminares relativos a traçado e tecnologia, sendo um da empresa Triunfo Participações S.A, e as outros três dos consórcios formados pelas empresas: 1) Grupo CCR, Construtora Barbosa Mello e Grupo Cowan; 2) J&F Investimentos S.A, Carioca Christiani Nielsen Engenharia S.A, Fidens Construções S.A, EIT Engenharia S.A, Sener Engenharia e Sistemas S.A e 3) CAF Beasain, Odebrecht Infraestrutura e Grupo Queiroz Galvão.


Entre os principais pontos levantados, destaca-se a tecnologia predominante do Transporte Leve Sobre Trilhos – VLT. A partir da análise do material recebido, a Secretaria de Transportes e Obras Publicas (Setop) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede) definirão as melhores propostas, considerando solução técnica, operacional, financeira e de engenharia. O traçado também será analisado, seguindo os quatro pontos obrigatórios: Hipercentro, Pampulha (Zoológico ou Aeroporto), Cidade Administrativa (Morro Alto) e Aeroporto de Confins.

Uma vez definida a tecnologia e o traçado, poderão ser elaborados os estudos e termos de referência que comporão o edital de licitação na modalidade Parceria Público-Privada para viabilizar a execução das obras, manutenção e operação do sistema.

]]>
Banco de Notícias Sat, 11 Oct 2014 14:46:09 -0300
Governador anuncia obras do novo Sistema Viário Complementar do Vetor Norte da capital http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1890-governador-anuncia-obras-do-novo-sistema-viario-complementar-do-vetor-norte-da-capital http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1890-governador-anuncia-obras-do-novo-sistema-viario-complementar-do-vetor-norte-da-capital

O governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, autorizou, nesta quinta-feira (02/10), em Lagoa Santa, a licitação para as obras para implantação do Contorno Norte de Lagoa Santa e de implantação e pavimentação de trecho rodoviário ligando a LMG-800 à MG-020. O governador também entregou as obras da ponte construída na MG-010, sobre o Rio das Velhas, e anunciou o lançamento do edital de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) do Centro de Tecnologia e Capacitação Aeroespacial (CTCA).

Com investimentos de R$ 100 milhões, o Contorno Norte de Lagoa Santa terá 12 quilômetros de extensão, criando um novo acesso à Serra do Cipó e beneficiando cerca de 20 municípios da região. Além disso, outros R$ 174,1 milhões serão investidos na implantação do novo trecho rodoviário ligando a LMG-800 à MG-020, passando pelos entroncamentos da Avenida Álvaro José dos Santos e para o CTCA. Serão 21,1 quilômetros de novas estradas.

Localizada na MG-10, em direção à Serra do Cipó, a ponte sobre o Rio das Velhas foi construída no local da interseção do futuro Contorno Norte de Lagoa Santa, substituindo a antiga ponte estreita. Ao todo, foram investidos R$ 17 milhões na obra. Essas intervenções têm objetivo de melhorar as condições e a segurança do tráfego de veículos e pessoas na região.

CTCA

O Centro de Tecnologia e Capacitação Aeroespacial (CTCA) é uma zona de desenvolvimento especial, focada na inserção de Minas Gerais na Nova Economia. Tem como objetivo tornar o Estado uma área de competição global. O CTCA significará a consolidação do polo aeroespacial e de defesa em Minas, visando atração de indústrias, instituições de ensino, pesquisa e desenvolvimento do setor aeroespacial e defesa.

O lançamento do PMI do CTCA é um chamamento à iniciativa privada, dentro do ambiente das parcerias público-privadas, para a consolidação deste distrito de serviços avançados. O objetivo do CTCA é aumentar a competitividade mineira, criando um ambiente propicio ao desenvolvimento de inovação, pesquisa e capacitação de mão de obra especializada, visando a atração da indústria aeroespacial. O público alvo do empreendimento são companhias aéreas, instituições de ensino, empresas e profissionais da indústria aeronáutica, aeroespacial e defesa. O projeto também prevê a instalação de hotéis, áreas comerciais e alojamento. Será instalado em uma área de 1,3 milhão de metros quadrados.

 

]]>
Banco de Notícias Fri, 03 Oct 2014 14:43:22 -0300
Semana nacional do trânsito 2014 http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1892-semana-nacional-do-transito-2014 http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1892-semana-nacional-do-transito-2014

A cidade voltada para as pessoas no que tange a proteção e a prioridade ao pedestre. Este é o tema da Semana Nacional de Trânsito que acontece entre os dias 18 e 25 de setembro. Durante o período estão programadas ações e mobilizações específicas, dispersas em pontos da cidade, sob a responsabilidade dos órgãos e entidades parceiras nas questões voltadas para o trânsito.

No dia 18 acontecerá a abertura oficial na área hospitalar, dentro da Faculdade de Medicina da UFMG, Campus Saúde, avenida Alfredo Balena. A Semana deve ter uma abrangência nacional e mostrar a mudança de postura de toda a sociedade no esforço para a redução de acidentes.

A escolha do tema, aprovada pelo Conselho Nacional de Trânsito – Contran - faz alusão, em princípio, ao artigo 29, XII, §2º do Código de Trânsito Brasileiro, segundo o qual: “Respeitadas as normas de circulação e conduta estabelecidas neste artigo, em ordem decrescente, os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres”, e se expande para além do trânsito em stricto sensu, uma vez que visa alertar as autoridades para a necessidade de repensar o espaço urbano, tendo como preocupação a mobilidade do pedestre, porque o meio ambiente influencia diretamente para evitar ou proporcionar acidentes de trânsito envolvendo esses usuários da via.

A SEMANA NACIONAL DE TRÂNSITO

Prevista na Lei 9.503, de 23 de setembro de 1997 – Código de Trânsito Brasileiro, a Semana Nacional de Trânsito, a Semana Nacional é comemorada entre os dias 18 e 25 de setembro, com a finalidade de conscientizar a sociedade, com vistas à internalização de valores que contribuam para a criação de um ambiente favorável ao atendimento de seu compromisso com a "valorização da vida" focando o desenvolvimento de valores, posturas e atitudes, no sentido de garantir o direito de ir e vir dos cidadãos.

A DÉCADA MUNDIAL DE AÇÃO PELA SEGURANÇA NO TRÂNSITO

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, no dia 02 de março de 2010, proclamou oficialmente o período de 2011 a 2020 como a Década Mundial de Ação pela Segurança no Trânsito. O objetivo é estimular esforços em todo o mundo para conter e reverter a tendência crescente de fatalidades e ferimentos graves em acidentes no trânsito.

A decisão de adoção de uma campanha decenal mundial teve origem em vários encontros internacionais, resultando no I Congresso Mundial Ministerial de Segurança Viária, realizado em Moscou, em novembro de 2009, onde o Brasil se fez presente.

Em resolução editada pela ONU, decidiu-se que a Organização Mundial de Saúde - OMS, juntamente com outros organismos internacionais, terá a missão de reduzir pela metade o número de fatalidades no trânsito mundial. Atualmente, registram-se mais de 1 milhão e 300 mil 0mortes por ano e milhões de pessoas feridas, algumas incapacitadas permanentemente. A faixa de 15 a 44 anos é a mais atingida, o que representa significativa parcela produtiva da sociedade.

Relatórios da OMS revelam que as perdas provocadas pela violência do trânsito são uma das maiores preocupações, caracterizando-se como um problema de saúde pública com proporções epidêmicas. Na avaliação da OMS, será necessário desenvolver e/ou reforçar as ações de prevenção dessa violência em pelo menos 178 países, onde os índices de mortalidade no trânsito estão acima do razoável. Segundo dados do Ministério da Saúde, o Brasil registra um índice de 18.9 fatalidades por grupo de 100 mil habitantes. Países líderes, alguns europeus e outros asiáticos, registram uma taxa de 5 mortes por 100 mil habitantes.

A sociedade brasileira necessita e espera que os Governos da União, dos Estados e dos Municípios acatem integralmente a decisão da ONU e as recomendações da OMS, implementando imediatamente um plano nacional para reforçar a segurança de trânsito no País.

 

]]>
Banco de Notícias Mon, 15 Sep 2014 15:17:54 -0300
Minas Gerais licita PPP do Aeroporto Regional da Zona da Mata http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1886-minas-gerais-licita-ppp-do-aeroporto-regional-da-zona-da-mata http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1886-minas-gerais-licita-ppp-do-aeroporto-regional-da-zona-da-mata


O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), lançou na última sexta-feira (05/09) o aviso de licitação da concorrência para Parceria Público-Privada de exploração e administração do Aeroporto Regional da Zona da Mata (ARZM) Presidente Itamar Franco, localizado entre Goianá e Rio Novo.

O vencedor da licitação será responsável pela elaboração dos projetos de engenharia para modernização do aeroporto, execução de obras de ampliação, melhorias e aquisição de equipamentos. As empresas interessadas devem enviar suas propostas até às 17h, do dia 21 de outubro.

A abertura dos documentos será no dia 22 de outubro, às 14h30, na Cidade Administrativa. As minutas do edital e anexos poderão ser obtidos no sítio eletrônico da Setop (www.transportes.mg.gov.br).

Sobre o modelo de PPP

O modelo de PPP foi elaborado de modo a permitir o desenvolvimento focado tanto no transporte de passageiros quanto de cargas, dando flexibilidade à concessionária no desenvolvimento de negócios dentro do aeroporto. O objetivo é promover o desenvolvimento do ARZM contando com a participação de uma administração privada, à qual serão atribuídas metas de desempenho e evolução da movimentação de passageiros e cargas.

Uma Audiência Pública foi realizada no dia 12 de fevereiro, quando foi apresentada a versão final do modelo de concessão. Atualmente o Aeroporto Regional da Zona da Mata é administrado sob regime de terceirização pela empresa Multiterminais Alfandegados Ltda. Existem hoje, por meio da empresa Azul Linhas Aéreas S/A, três voos diários tendo como destino Campinas e 02 voos diários para Belo Horizonte, com ocupação média de 85% dos assentos, significando 60.000 passageiros por ano.

 

]]>
Banco de Notícias Mon, 08 Sep 2014 14:25:41 -0300
Metrominas entrega detalhamento de informações solicitadas pela Caixa sobre o projeto da linha 3 do metrô de BH http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1894-metrominas-entrega-detalhamento-de-informacoes-solicitadas-pela-caixa-sobre-o-projeto-da-linha-3-do-metro-de-bh http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1894-metrominas-entrega-detalhamento-de-informacoes-solicitadas-pela-caixa-sobre-o-projeto-da-linha-3-do-metro-de-bh

A Trem Metropolitano de Belo Horizonte S/A (Metrominas) entregou, nesta sexta-feira (29/08), o detalhamento de itens do orçamento do projeto da linha 3 do metrô de Belo Horizonte, solicitado pela Caixa Econômica Federal (CEF).

O projeto foi entregue pela empresa no dia 15 de maio de 2014. Depois de recebê-lo, a Caixa pediu informações adicionais sobre a composição de custos, que foram protocoladas hoje. Segundo o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Fabrício Sampaio, esse procedimento é comum em obras financiadas pelo banco. “A Caixa tem a tarefa de verificar os custos das obras definidas pelo projeto da linha 3, pois ela será responsável pelo repasse dos recursos destinados às obras dessa linha. Depois que se apresenta o projeto é que eles definem o nível de detalhamento e quais itens eles querem”, afirmou o secretário.

A linha 3 vai ligar a estação Lagoinha à Savassi e o projeto que prevê a construção desse trecho consiste num conjunto de documentos de mais de dez mil páginas.

Vale lembrar que esse projeto foi entregue à CEF apenas um ano depois da assinatura do convênio para elaboração do mesmo. O convênio foi assinado entre o Estado e a União, depois que o Estado se ofereceu para ajudar a fazer a expansão do metrô da capital, que é de responsabilidade do Governo Federal.

]]>
Banco de Notícias Fri, 29 Aug 2014 15:29:41 -0300
Mais 22 linhas metropolitanas são integradasao MOVE no Terminal Vilarinho http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1889-mais-22-linhas-metropolitanas-sao-integradasao-move-no-terminal-vilarinho http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1889-mais-22-linhas-metropolitanas-sao-integradasao-move-no-terminal-vilarinho

A partir deste sábado, 30/08, mais 22 linhas do Vetor Norte - que atendem aos municípios de Ribeirão das Neves, Vespasiano, São José da Lapa, Confins, Lagoa Santa, Pedro Leopoldo, Matozinhos e Capim Branco, passam a integrar o sistema MOVE Metropolitano com linhas alimentadoras no Terminal Vilarinho. Trata-se da segunda etapa de implantação deste terminal que atenderá, no total, 38 linhas alimentadoras, transportando uma média diária de 39 mil passageiros.

A primeira etapa teve inicio em 14 de junho e promoveu o transporte de 24 mil passageiros por dia, em média, utilizando 16 linhas alimentadoras e cinco linhas troncais metropolitanas com destino a área central (direta e paradora), área hospitalar e Cidade Industrial, com duas opções de trajeto, passando pelo Anel Rodoviário ou pela Avenida Carlos Luz.

O sistema MOVE Metropolitano entrou em operação pela primeira vez no dia 26 de abril deste ano, com o Terminal São Gabriel. Atualmente este sistema opera nos terminais São Gabriel, Vilarinho e nas estações de São Benedito e Justinópolis. Ainda com obras em andamento a estação Bernardo Monteiro (área hospitalar) e terminais São Benedito (Santa Luzia), Justinópolis (Ribeirão das Neves) e Morro Alto (Vespasiano). Até o momento, foram investidos recursos da ordem de R$ 148,3 milhões, para implantação do MOVE Metropolitano.

Redução do tempo de viagem

Apenas os ônibus do Sistema MOVE podem acessar o Centro de Belo Horizonte através das pistas exclusivas das Avenidas Cristiano Machado, Pedro I e Antônio Carlos. Com a queda do viaduto da Avenida Pedro I, as viagens hoje são realizadas pelas ruas laterais, por onde também circulam os carros. Os consequentes engarrafamentos em função da interdição da pista atingem os usuários do Move metropolitano que passam pela via, no entanto, as pistas exclusivas podem ser usufruídas nos demais trechos.

Racionalização da operação das linhas

Gradativamente, a cada entrada em operação de terminal ou de estação do MOVE Metropolitano, vai acontecendo a redução do número de ônibus que trafega pela área central da capital. As pistas exclusivas, além de reordenarem o tráfego nos corredores de acesso ao centro, aliadas ao uso das estações de transferência, proporcionam mais conforto aos passageiros. Com a implantação da segunda etapa do Terminal Vilarinho, cerca de 24 ônibus metropolitanos deixarão de acessar o centro de Belo Horizonte.

Na parte operacional, o sistema de transporte de passageiros da região metropolitana passa por uma profunda racionalização de linhas e itinerários com o objetivo de propiciar mais alternativas aos usuários, reduções tarifárias em trajetos específicos, redução do tempo de viagem, maior integração com o Metrô e diminuição do número de ônibus que acessam o hipercentro de BH.

Quando todos os terminais do Move Metropolitano estiverem em operação o sistema vai atender 14 municípios do Vetor Norte da região metropolitana (Caeté, Capim Branco, Confins, Jaboticatubas, Lagoa Santa, Matozinhos, Nova União, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, São José da Lapa, Taquaraçu de Minas, Vespasiano e Sabará), e deverá transportar uma média diária de 230 mil passageiros.

Informações

Os passageiros das linhas alimentadoras da 2ª Etapa de implantação do Terminal Vilarinho vão receber folhetos contendo informações do Sistema MOVE Metropolitano e do funcionamento do terminal. Cartazes serão afixados nos ônibus.

Monitores da equipe “Posso Ajudar” vão atuar no Terminal e nas Estações de Transferência (ao longo dos corredores) e na Estação de Transferência no centro de Belo Horizonte (Estação Tupinambás), na Avenida Paraná.

Mais informações podem ser obtidas no LIG Minas 155 – opção 6, ou no site www.movemetropolitano.mg.gov.br. Sobre a comercialização do cartão Ótimo, as informações serão repassadas pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Metropolitanos (Sintran).Estará disponível para consulta, no site do DER/MG (www.consultas.der.mg.gov.br/), as informações das linhas MOVE Metropolitano, como horários, itinerário e valor da tarifa.

 

]]>
Banco de Notícias Fri, 29 Aug 2014 14:38:18 -0300
Metrominas licita projeto de engenharia de transporte sobre trilhos de Contagem a Betim http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1893-metrominas-licita-projeto-de-engenharia-de-transporte-sobre-trilhos-de-contagem-a-betim http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1893-metrominas-licita-projeto-de-engenharia-de-transporte-sobre-trilhos-de-contagem-a-betim

O processo de licitação 001/2014 para contratação de empresa ou consórcio de empresas que executará a elaboração de estudos e projetos básicos de engenharia visando a implantação do serviço ferroviário de passageiros que interligará o Bairro Novo Eldorado, em Contagem, a Betim, teve inicio ontem, quarta-feira, 27/08, pela Comissão de licitação da Metrominas - Trem Metropolitano de Belo Horizonte S/A.

O custo para a elaboração de estudos e projetos básicos de engenharia do trecho de 20,5 quilômetros, ligando o Novo Eldorado a Betim, está estimado em R$ 13 milhões, e vai representar, no futuro, uma importante opção de mobilidade para os passageiros da região metropolitana de Belo Horizonte, pois deverá ser integrado ao metrô, na linha 1 - Contagem - Vilarinho, após a ampliação de aproximadamente 1,7 quilômetro, da Estação Eldorado até o Novo Eldorado, prevista na modelagem que a Metrominas apresentou ao Ministério das Cidades.

Licitação

Quatro concorrentes apresentaram propostas: Consórcio Tectran/Systra (formado pelas sociedades “Tectran – Técnicos em Transporte LTDA” e “Systra S.A); Consórcio BH-Metropolitano (formado pelas sociedades “Intertechne Consultores S.A.”, “Engefoto Engenharia e Aerolevantamento S.A.”, “Tetra Arquitetura e Projetos LTDA”, e “Ambiente Brasil Engenharia LTDA”); Consórcio Minas (formado pelas sociedades “Setec Hidrobrasileira Obras e Projetos LTDA.”, “Ebei – Empresa Brasileira de Engenharia e Infraestrutura LTDA.”), e pela sociedade “Arcadis Logos S.A.”.

O primeiro dia de trabalho da comissão de licitação se resumiu na conferência das credenciais apresentadas, identificação das empresas participantes e a abertura do envelope contendo a documentação pertinente à habilitação. Nos próximos dias os trabalhos devem se concentrar em três etapas principais: análise da documentação, análise da proposta técnica e análise da proposta comercial. Dentro do ritual previsto pela lei federal de licitações 8.666/93, ao término das etapas os resultados apurados são publicados no Diário Oficial Minas Gerais e são abertos prazos para interposição de recurso caso haja. Não havendo um prazo fixo para conclusão do processo licitatório.

 

]]>
Banco de Notícias Wed, 27 Aug 2014 15:27:19 -0300
Governador Alberto Pinto Coelho lança edital da licitação da PPP do Rodoanel Norte http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1883-governador-alberto-pinto-coelho-lanca-edital-da-licitacao-da-ppp-do-rodoanel-norte http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1883-governador-alberto-pinto-coelho-lanca-edital-da-licitacao-da-ppp-do-rodoanel-norte

O governador Alberto Pinto Coelho lançou nesta quinta-feira (25/06) o edital da licitação da PPP do Contorno Metropolitano Norte - Rodoanel Norte, via de ligação leste a oeste da Região Metropolitana de Belo Horizonte. A rodovia vai ligar a BR-381, na saída para Vitória, à mesma rodovia, na saída para São Paulo, cruzando com a BR-040, na saída para Brasília, e rodovias estaduais como a MG-010, MG-020, MG-404 e LMG-806. Serão interligados os municípios de Sabará, Santa Luzia, Vespasiano, São José da Lapa, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Contagem e Betim. O Rodoanel Norte terá uma extensão de 66 quilômetros e também fará a ligação dos principais polos econômicos estaduais e nacionais com a RMBH.

“Desde o momento em que conheci este projeto, vi nele a dimensão e a envergadura que ele pode representar para o desenvolvimento da Região Metropolitana e do Estado. É um projeto que ultrapassa governos com o propósito de se fazer uma obra que qualifica o território mineiro, uma obra transformadora que vem para gerar o desenvolvimento tão demandado, trazendo oportunidade de qualidade de vida aos mineiros. Essa obra tem essa dimensão no contexto do planejamento da Região Metropolitana”, afirmou o governador.

A duração do contrato da PPP será de 30 anos para implantação e operação da rodovia. Os investimentos previstos são de R$ 4 bilhões para obras e desapropriações, sendo R$ 3,2 bilhões por meio do parceiro privado, e R$ 800 milhões do Governo do Estado. A previsão é que as obras durem quatro anos. Será declarada vencedora da licitação a empresa que cobrar menor valor mensal de contraprestação a ser paga pelo Governo de Minas. O prazo para apresentação de propostas é 18 de agosto. A expectativa é que o contrato seja assinado ainda neste ano, para início das obras em 2015.

A nova rodovia vai reduzir em 70 mil veículos diários - o equivalente a 48% - o tráfego de veículos pesados no Anel Rodoviário, trazendo mais segurança e conforto, além da redução de acidentes. Diariamente, passam pelo Anel de 154 mil veículos, grande parte deles vindo das BRs 281, 262 e 040 e que transitam desnecessariamente por Belo Horizonte, já que o destino de muitos é o interior do Estado.

Desenvolvimento Econômico

A implantação do Rodoanel Norte vai permitir ainda o desenvolvimento e a urbanização da RMBH, especialmente do seu vetor Norte. As áreas laterais da rodovia serão amplas, possibilitando a implantação futura de marginais ao longo do trajeto e a instalação de parques industriais e logísticos, além de novos empreendimentos comerciais e residenciais.

Projeto

O Rodoanel Norte foi planejado com curvas e rampas suaves, pontes, viadutos e passarelas, que proporcionam conforto, segurança e economia. Terá pista dupla (com capacidade de expansão para até quatro faixas por sentido), canteiro central de 15 metros, faixa de segurança e acostamento de três metros. Em Betim, serão construídas vias marginais para comportar o tráfego local.

Com uma velocidade projetada para o Rodoanel Norte é de 110 km/hora e a previsão é que o tempo de viagem entre Betim e Ravena, distrito de Sabará, que atualmente é de 60 minutos, caia para 36 minutos. Já a viagem entre Betim e Confins, deverá ser feita em 30 minutos.

Segundo o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Fabrício Sampaio, o projeto prevê uma rodovia com uma engenharia moderna semelhante às melhores do mundo. “Essas obras inauguram um novo patamar rodoviário em Minas Gerais, seja no sistema de operação da rodovia quanto na justiça tarifária, já que as pessoas vão pagar apenas o recurso de fato utilizado”, detalhou.

A cobrança do pedágio será proporcional à extensão percorrida por cada veículo. Isso será possível por meio da distribuição de tags eletrônicos para os usuários e a implantação de pórticos com sensores que identificam o ponto de entrada e saída de cada veículo da rodovia. As cobranças serão feitas nas oito alças de saída do Rodoanel, evitando paradas e interferências no tráfego de passagem. A cobrança será automática, evitando a formação de filas. Os valores irão variar entre R$ 4,10 e R$ 7,10.

A Concessionária vencedora da licitação da PPP será responsável pela implantação de um centro de controle operacional com monitoramento por câmeras 24 horas; atendimento a incidentes, com remoção mecânica; painéis de mensagem para orientação aos usuários; atendimento 0800; fiscalização de peso de caminhões e segurança.

PPP

O governador Alberto Pinto Coelho destacou que o modelo de PPP é o mais indicado quando o poder público tem limitações financeiras. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Rogério Nery, ressaltou a experiência de Minas com as Parcerias Público Privadas. “São cinco contratos já em andamento, com R$ 2,2 bilhões, além de outros três em licitação. Temos ainda outros 15 novos projetos, que totalizam R$ 12 bilhões”, afirmou.

Investimentos Vetor Norte

A licitação para a PPP do Rodoanel Norte é mais uma das iniciativas do Governo de Minas para o desenvolvimento do Vetor Norte da RMBH.

Na última semana, foi lançado o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para o Transporte Metropolitano sobre Trilhos entre o Aeroporto Internacional Tancredo Neves e o hipercentro de Belo Horizonte. A intenção é colher propostas para definição da melhor alternativa de tecnologia para melhorar a mobilidade urbana em Belo Horizonte e Vetor norte da Região Metropolitana.

Para permitir um novo acesso ao aeroporto, em 2012, o Governo de Minas realizou obras de melhoria e duplicação da LMG-800 e da MG-424. Entregues no início deste mês, no prazo estipulado, as intervenções contaram com investimentos de cerca de R$ 340 milhões.

Em março deste ano, foi inaugurado o Aeroporto Industrial, iniciativa inédita no Brasil que recebeu investimentos de R$ 17 milhões do Governo de Minas, por meio da Codemig, para a construção e implantação da infraestrutura do espaço, localizado na área do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (AITN). A expectativa é que entre em operação em agosto deste ano, quando o consórcio AeroBrasil assumir a operação do AITN.

Acesse o link abaixo para ver a animação do projeto.
http://www.transportes.mg.gov.br/downloads/CMNBH_VIDEO_FINAL_ALTA.avi

]]>
Banco de Notícias Fri, 27 Jun 2014 08:59:45 -0300
Estado vai reunir propostas para transporte sobre trilhos entre o Centro de BH e Aeroporto Internacional http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1884-estado-vai-reunir-propostas-para-transporte-sobre-trilhos-entre-o-centro-de-bh-e-aeroporto-internacional http://setop.mg.gov.br/sobre/ultimas-noticias/banco-de-noticias-1/stories/1884-estado-vai-reunir-propostas-para-transporte-sobre-trilhos-entre-o-centro-de-bh-e-aeroporto-internacional

O governador Alberto Pinto Coelho autorizou nesta quarta-feira (18/06), em Belo Horizonte, o lançamento de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para o Transporte Metropolitano sobre Trilhos entre o Aeroporto Internacional Tancredo Neves e o hipercentro de Belo Horizonte. A intenção é colher propostas para definição da melhor alternativa de tecnologia para melhorar a mobilidade urbana em Belo Horizonte e Vetor norte da Região Metropolitana.

O PMI é uma consulta geral, em que podem participar empresas, universidades e pessoas físicas para, nesse caso, sugerir alternativas para melhoria da mobilidade urbana. O Governo consulta a sociedade para definir a melhor alternativa, aquela que conjugar o melhor custo-benefício para a própria sociedade.

“Esse ato é mais uma iniciativa de Governo dentro de um contexto de uma realidade de qualificar Minas Gerais para o desenvolvimento, fazer do Estado um instrumento indutor do desenvolvimento, trazendo através das políticas públicas a construção de novas realidades. É isso que deve motivar todo e qualquer gestor público, o senso de responsabilidade e da importância de que aquilo que é concebido vai se tornar uma realidade. Hoje estamos certamente iniciando uma nova realidade”, afirmou o governador.

O transporte sobre trilhos é exigência do procedimento já que possui capacidade de transporte média/alta, ou seja, pode levar mais pessoas do que outros tipos de modais. Além disso, ao não passar pelo trânsito convencional, o transporte sobre trilhos oferece a possibilidade da programação exata dos horários de deslocamento.Também é exigência do PMI que o sistema seja integrado ao BRT, às linhas de ônibus existentes na região e ao próprio metrô, observando os projetos de sua expansão.

Planejamento

O governador Alberto lembrou que o procedimento, que agora se inicia, é uma consequência do trabalho desenvolvido no Vetor Norte dos últimos anos. Primeiro, o Governo de Minas, em parceria com a Prefeitura e o Governo Federal, possibilitou a duplicação da Avenida Antonio Carlos. Depois, com a Linha Verde, que incluiu a restauração da Avenida Cristiano Machado e as intervenções na MG-010, o acesso ao Aeroporto Internacional foi melhorado.

Ao mesmo tempo, a transferência dos principais vôos para o Aeroporto Internacional, a partir de março de 2005, e o planejamento realizado pelo Governo de Minas para o Aeroporto, fizeram com que a movimentação de passageiros saltasse de cerca de 360 mil, em 2003, para mais de 10 milhões, em 2013. A Cidade Administrativa possibilitou um novo salto de negócios e investimentos na região.

Para permitir um novo acesso ao aeroporto, em 2012, o Governo de Minas começou as obras de melhoria e duplicação da LMG-800 e da MG-424. Entregue no início do mês, no prazo estipulado, as intervenções contaram com investimentos de cerca de R$ 340 milhões.

“Eu espero que, até dezembro, possamos avançar, naturalmente sem prejuízo da qualidade do que deve ser colhido como sugestão para aprimorar o projeto e da sua concepção do ponto de vista técnico e de engenharia”, afirmou Alberto.

“O traçado, tudo isso tem que ser pensado meticulosamente e, naturalmente, temos que desenvolver uma modelagem que leve em consideração a equação econômica do projeto, o volume de investimentos e seja atrativo para os investidores. Mas, a exemplo de outras iniciativas de Parcerias Público Privadas no Estado, essa será mais uma iniciativa exitosa e importante, certamente aí considerando a interligação com outros modais, pensando no BRT, no metrô”, destacou.

Traçado

O PMI oferece como opção de saída do transporte sobre trilhos o local onde hoje é a atual rodoviária. Próximo a ela está uma estação do metrô e há a interligação com o BRT Move. Mas o PMI poderá apontar por um local diferente, desde que contemple o hipercentro da capital mineira e tendo como o destino final o Aeroporto Internacional.

No final do procedimento também já deverá haver definição sobre o traçado dos trilhos e os locais por onde o meio transporte deverá passar. O projeto deverá respeitar algumas premissas como a redução do tempo de viagem e do custo, contemplar menor interferência nas vias existentes e planejadas, e ter uma conectividade com a Cidade Administrativa. Tudo isso, complementando a rede de transporte atual, sendo viável econômica e financeiramente e sustentável, de acordo com as necessidades ambientais da região.

Prazos

O PMI será concluído em até 120 dias. Nesse período o governo decidirá qual a melhor tecnologia para esse projeto. O procedimento tem prazos específicos. Até 45 dias, por exemplo, os interessados deverão entregar ao Governo de Minas os estudos prévios (as opções de melhores tecnologias, melhor traçado etc). A partir disso, o Governo define quais estudos deverão continuar sendo feitos até o prazo final de conclusão do Procedimento de Manifestação de Interesse. Feita a definição, deverá ser elaborado o projeto executivo, que definirá a forma, os custos, as responsabilidades. Só a partir daí, será possível falar de prazos e custos finais do projeto, que deverá ser desenvolvido por uma Parceria Público-Privada (PPP).

O início do processo já recebe elogios de importantes setores da sociedade, como a Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas), que acredita que o projeto poderá beneficiar ainda mais a economia mineira. “É um momento propício para se iniciar essa PMI. Queremos, acima de tudo, dar apoio total a esse projeto do Governo de Minas e dar parabéns ao governador pela demonstração do grande estadista que é e de ter essa visão de futuro da nossa cidade”, afirmou o presidente da ACMinas, Roberto Fagundes.

Clique aqui para assistir a um vídeo sobre o projeto do novo sistema de transportes para o Vetor Norte da RMBH.

]]>
Banco de Notícias Wed, 18 Jun 2014 09:13:43 -0300